sábado, dezembro 09, 2006

Toda a poesia é uma luz


Toda a poesia é uma luz
Mesmo aquela que parece obscura.
O seu conteúdo reproduz,
Da pureza da alma, a procura.

Se não encontrares essa luminosidade,
Abre o coração e volta a ler.
Deixa-te levar nas asas da liberdade
E a metamorfose das palavras irá acontecer.

Tocarás assim o inatingível
E senti-lo-ás a penetrar em ti.
Verás finalmente o invisível
E estremecerás por o encontrares dentro de ti.

Assim, o nevoeiro do quotidiano
Se dissipará em ventos de magia.
Todo o cheiro do mundano
Se perfumará de flores de simbologia.

16 comentários:

A MUDANCA disse...

E que luz que é a poesia, que nos dá e transmite uma paz que por vezes só se encontra através das palavras que nós próprios escrevemos.
Adorei


Beijo

FF

Stranger... `a la carte (StraLaC) disse...

Todo o cheiro do mundano
Se perfumará de flores de simbologia.

E´ isto...esta la´ tudo...

bjinho

Daniele disse...

Querida Angela,

"Toda a poesia é uma luz
Mesmo aquela que parece obscura.
O seu conteúdo reproduz,
Da pureza da alma, a procura"

Teus versos já dizem tudo, de uma maneira fascinante.!

Magistral como sempre !

É um prazer e um deleite ininarráveis ler-te.

Beijos,
Dani

Saramar disse...

Angela, Poeta maior,
o brilho não é para todos.
Só os belos poemas, como este que parece falar de si próprio, pode nos iluminar com a beleza dos seus versos.

Lindo!

beijos

farinho disse...

A poesia é algo que sempre adorei escrever, eu lembro-me de escrever poesia ainda em criança, mas muitos poemas perderam-se, quando fui morar com a minha madrinha(mãe), comecei a escrever de novo, e esses tenho todos.

A sua poesia, explicita muito bem o sentido de poesia, adorei.

Beijos poeticos.

Bruxinhachellot disse...

Nessa metamorfose de palavras encontrei a luz que necessitava para seguir meu caminho.

Beijos de lua.

Arauto da Ria disse...

Angela, a poesia é luz, e tu tens o condão de nos iluminar, pois tudo o que escreves é luz.
Um beijo.
PS, estás zangada comigo, ou não tens tempo.

Unicus disse...

A poesia é o Verbo e a Luz.
Belo, Ângela.
Uma boa noite

João Filipe Ferreira disse...

tua poesia é uma obra de arte, uma beleza, algo profundo e ao mesmo tempo suave e penetrante, capaz de nos seduzir e nos conduzir a um mundo imaginario de forma a viver cada uma das sensações que as tuas palavras transmitem..
simplesmente LINDO
beijinhooooooo

Tino disse...

Continuando o meu raciocinio:

sendo assim, a poesia leva-a a luz... á velocidade da luz as palavras podem fazer brilhar os olhos de quem as lê ou quem as ouve...

Um beijo á velocidade da luz :)

Madalena disse...

Senti uma paz e uma luz interiores quando li este teu poema....
Gostei mt, como aliás costuma acontecer...
Transmites muita paz :)
Bjokas gandes
Madalena

Vera disse...

Toda a poesia é uma luz! Bela! E todos os poemas têm uma mensagem. Cada um pode fazer a sua própria interpretação, que muitas vezes não é a do autor, mas o que importa é que quem lê encontre uma mensagem.
E eu encontro sempre algo belo aqui!
Beijinhos minha querida amiga!

Márcia(clarinha) disse...

Que toda luz pouse sobre suas mãos que nos brindam com belíssimas poesias.
Linda semana,flor
beijossssssssss

Plum disse...

Na terra da Magia deixamo-nos levar pela liberdade das tuas palavras!!!!abraços!*

Anónimo disse...

Angela, não estou conseguindo postar aqui no seu blog com o meu login do Blogger. É um problema da versão beta.

Postarei como anônimo.

Onildo
Blogildoblogger.blogspot.com

Lee disse...

Neste espaço maravilhoso em que só de amor apetece falar, venho deixar um apelo à vida.

Opinião:
EavesDropping: Não