quinta-feira, fevereiro 15, 2007

A cumplicidade


O amor são as palavras que também não digo
E que guardo neste meu coração mendigo,
Que bate nas pulsações do teu respirar,
Na profusão do teu amor como ondas do mar.

Neste silêncio arrebatado, barco de emoções,
Torno-me espelho do teu olhar; explosões
Fulminantes de paixão invadem o pensamento.
Quero sentir-te na intensidade do momento.

Nesta partilha de sentires é que fala o amor
Em toda a sua pureza e verdadeiro fervor.
Proclamo, na linguagem universal, a felicidade.
A voz do nós ergue-se - melodiosa cumplicidade.

26 comentários:

Vera disse...

Minha querida amiga e poetisa, quantas saudades de ler a tua excelente poesia!
Voltaste melhor que nunca! És realmente a melhor!
O amor não é só o que dizemos!
Mas tu sabes o grande amor (fraternal) que sinto por ti, a grande admiração, orgulho, respeito e sei lá que mais!
És a melhor pessoa do mundo e adoro-te por seres quem és e como és!

Mil beijos e toda a felicidade do Mundo

José Alberto Mostardinha disse...

Olá Angela:

Neste dia de S. Valentim não podia deixar de te vir dizer que o meu desejo é que o amor e a felicidade te invadam 365 dias por ano.

Um beijo,

A MUDANCA disse...

Ainda bem que voltaste... e deixa que te diga que voltaste melhor que nunca. Lindo


Beijo

FF

melinha disse...

bem voltada:)
k saudades de ler as tuas belas palavras!

bjinho

Madalena disse...

Sabes, durante este tempo todo que estiveste ausente nunca deixei de vir todos os dias espreitar o teu cantinho, sempre na esperança de ver algo de novo escrito.
Portanto imagina como fikei contente agora qd vi que tinhas voltado!!!
Muito bem voltada!!!
Que saudades das coisas lindas que escreves!!!
Bjokas gandes
Madalena

Luna disse...

Do que é do amor sem cumplicidade
beijinhos

Arauto da Ria disse...

Querida amiga,
voltaste, como saíste sem proclamares e deixaste alguns amigos apreensivos, a força das tuas palavras vai voltar a inibriarmos e isso é que é importante.
Já vi que vens com a veia em pleno, o que é muito bom para quem te lê.
Um beijo.

In Loko disse...

Com muita cumplicidade Ângela é que o Amor é mais belo... «desvergonhado amor aspira meus anseios e respira-os bem fundo!». Beijinho grande...

Carlos Henriques disse...

Este cantinho me dá coragem pra muitos dias... tenho dito.

**beijos**

João Filipe Ferreira disse...

Que saudades!!! andei preocupado..mas fico contente por saber que estás bem, e que voltas te em grande com um texto belissimo , na continuação de uma super obra tua.
Sim parece que vou editar o meu livrito e tu és uma das pessoas responsáveis por isso, pela força e pelo incentivo que me deste..
Podias fazer o mesmo...pois valor é coisa que tens para dar e vender...e tens um grupo de fãs que te compraria o livro para enriquecer a sua "biblioteca"
bem vinda de volta menina que escreve maravilhosamenet BEM

farinho disse...

Amiga fiquei tão contente de te ver de volta que nem li o teu poema, mas vou lê-lo já a seguir, está tudo bem, não está?


Beijocas

farinho disse...

Como sempre as tuas palavras me encantam, voltas-te em beleza, ainda bem.

Beijocas

daniel sant'iago disse...

A cumplicidade do silêncio do som dito...
A cumplicidade do silêncio do som visto...

juvepp disse...

Gostei do poema mais o meu favorito è "Andorinha do Amor

Juda disse...

Olá, muita beleza... um abraço...

João disse...

o amor quando fala nasce na tua boca

Conceição Bernardino disse...

Olá,

Eu não sou de ninguém!... Quem me quiser
Há-de ser luz do Sol em tardes quentes:
Nos olhos de água clara há-de trazer
As fúlgidas pupilas dos videntes!
“ Flor bela Espanca”

Esta é a forma que eu encontro para comentar
A mais pura a que eu vos quero entregar
A minha amizade...
Conceição Bernardino
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

}}cleopatra{{ disse...

Olá Angela!
Que surpresa boa!!
Como alguém disse ali em cima, também eu... aqui vinha espreitar quase todos os dias...

A cumplicidade do Amor, deve ser talvez o melhor que o Amor tem!

Os teus poemas continuam límpidos, frescos e deliciosos!

Obrigada por teres voltado.

Um beijinho soprado

Nelson Ngungu Rossano disse...

Estavas inspirada!
Adorei esse teu poema...

Beijo

Claudia Perotti disse...

voltou com maestria nas letras.
tanto sentir!
adorei o poema!
Beijinhosssssss

DE PROPOSITO disse...

Um poema que retrata a felicidade.
Será mesmo verdade que a felicidade existe ?
Fica bem.
Umbeijinho para ti.
Manuel

.*.Magia.*. disse...

Olá Angela...
A cumplicidade é daqueles sentimentos que são dificeis de encontrar...quantas vezes amamos e de cumplicidade não encontramos nada...?

...amor acrescido de cumplicidade soa-me a tocar o céu com a ponta dos dedos sem dar por isso...soa-me a algo grandioso...

Gostei de te ler...

Um beijinho para ti!

Betty Branco Martins disse...

Angela

Lindo o teu poema

O amor é feito de cumplicidades e quando elas não existem____________perde toda a magia

Beijinhos com carinho

Fernanda disse...

Estava com saudades de você e de seus escritos!
Até pensei que pudesses estar me evitando... ¬¬
Mas vejo que regressou melhor do que antes!
Bjs

Plum disse...

Olá Angela!Fico feliz por teres regressado!A terra da magia sentiu a tua falta!!!*

Márcia disse...

Parabéns pelo teu lindo blog e pelos magnificos textos...

Beijinhos