quinta-feira, fevereiro 22, 2007

Novo Carnaval


É nos teus olhos
Que descobri a magia do Carnaval
E os confetes e as serpentinas,
Outrora meros pedaços de papel,
Metamorfosearam-se em pérolas coloridas
E rasto de estrelas cadentes.
As máscaras e os fatos dos foliões
Rodopiaram com contagiante alegria
Vendo-te correr no meio deles
Com o teu ofuscante sorriso.
E tu dançaste e bateste palmas
Ao ritmo da calorosa música
E da tua efusiva felicidade,
Rainha do brilho do cortejo festivo.
E é assim nos teus olhos
Que redefino o meu mundo,
Numa folia sem máscaras,
Numa fantasia pura de criança.

8 comentários:

farinho disse...

O meu piolho teve um fato igualzinho a esse quando era mais pequeno.


É nestes dias que as pessoas esquecem tristezas e saem á rua para se divertirem.

Beijocas

Rafael Velasquez disse...

que criançinha mais engraçadinha!!!
bom carnaval!

Plum disse...

Que ternura!!!Amei!*

Joaquim Amândio Santos disse...

por uns dias é tempo de nos separar-mos da nossa máscara diária...

Ana Gotz disse...

Que caiam as máscaras e que todos os olhares sejam verdadeiramente revelados...

Arauto da Ria disse...

Angela,
que coisa tão linda!!!
Uma ~mãe babada com um poema tão enternecedor e bonito.
Se o talento já é natural em ti, com este tónico mais fácilmente explode.
Que se passou contigo?! Nunca me explicaste a tua ausência.
Um beijo para vós.

Vera disse...

A tua menina e linda como a mae!
E o teu poema, tao cheio de ternura, ve-se logo que foi inspirado por tanto amor!

Beijinhos a ambas

Farinho disse...

A tua filhota é linda um beijo enorme para ela e para ti.

Beijocas