sexta-feira, março 09, 2007

Paraíso perdido


Que a serpente seja maldita
Pois é a causa da nossa desdita.
Para longe, atira-a!
Com força, pisa-a!
No chão, fica, desgraçada;
Pelos vermes, despedaçada!
Que nada de ti sobre
Pois nada tens de nobre!
O Éden nos retiraste.
A vida eterna nos roubaste.
Não quero mais saber de ti.
No mais fundo de mim te destruí.

A natureza tem armadilhas
Que do pecado são as filhas.
Tão fácil é a tentação!
Tão venenosa é a ilusão!

14 comentários:

Plum disse...

Passei para te desejar um bom fim de semana!Abraços!*

}}cleopatra{{ disse...

Olá Angela!

"A natureza tem armadilhas
Que do pecado são as filhas.
Tão fácil é a tentação!
Tão venenosa é a ilusão!"

Nada mais verdadeiro!

Mais um poema, desta vez não tão doce como os outros, mas cheio de sentimento e quase que se lê como um grito.Muito bom, como sempre!

Um beijinho soprado

José Alberto Mostardinha disse...

Olá Angela:

Venho lêr o teu poema e desejar-te um óptimo fim de semana.
Um beijo,

Farinho disse...

Querida amiga, sabias que antes de a serpente induzir a Eva no pecado, ela tinha patas?, pois é por causa desse pecado que até hoje as serpentes comem o pó da terra, pelo menos é o que diz na biblia.

Bonito poema, fora do que é costume ler.

Beijocas e um dia de sàbado feliz.

Betty Branco Martins disse...

Querida Angela

Lindo o teu poema


...assim parece_______que o homem não resistiu à tentação_________também não era suposto ter que resistir.

Beijinhos com muito carinh
BDmingo

João Filipe Ferreira disse...

a ilusão por vezes é um veneno..ilude de coisas que nunca serão traduzidas no real...
gostei muito apesar de n apreciar serpentes hehehe
beijaoooo

Saramar disse...

Querida, são tantas as serpentes e se disfarçam de tantas formas.
Temos sim que combatê-las.
Belo poema, muito forte, muito certo.
Gostei demais.

beijos

Blogildo disse...

A serpente está em todos os cantos e ninguém parece conseguir percebê-la como você a percebeu tão bem nesse poema.

Beijos!

Tacitus disse...

É muito dificil arranjar o antídoto para o veneno da serpente...e a ilusão é parente da serpente. Boa semana ;)

Vera disse...

Pois é, minha querida amiga!
As serpentes estão em todo o lado mesmo...

Beijinhos

Sindarin disse...

Olá Ângela! De serpentes vivemos rodeados umas são docéis outras não cabe-nos a nós decidir quais afastar para expiar melhor os nossos e os seus pecados. Deixo um beijinho amigo. Obrigada pela visita, desculpa a minha demora.

Vera Carvalho disse...

E que vontade nos dá de pisar essa serpente que nos atrai as ilusões! Gostei deste paraíso perdido.
Um abraço:)

Juda disse...

Também as á doces, eu acredito nisso, um abraço...

Márcia(clarinha) disse...

não gosto das serpentes mas me encanta seus poemas, perfeito!
carinhos meus,flor
beijossssssssss