terça-feira, maio 15, 2007

A poesia


Ela chegou devagar
Como uma frágil gota de orvalho,
Perdida no meio do nevoeiro
E que se aconchega
No seio da flor
Para não ser levada pelo vento.

Ela ficou no olhar
Como um terno sorriso de criança,
Puro reflexo da alma
E que livremente se solta
Num instante de eternidade
Para jamais ser levada da memória.

Ela deitou-se ao luar
Como uma mãe que vai dar à luz,
Dividida entre a dor e a alegria
E que só tem amor
No seu emocionado peito
Para receber a vida.

26 comentários:

suruka disse...

Como uma mãe que vai dar á luz
entre a dor e a alegria
Chegou suavemente a poesia

Tu transpiras poesia
gosto deste teu MUNDO.

bj

Ricardo Rayol disse...

Que texto. Adorei cada verso.

Vera disse...

Minha querida amiga, o poema está lindo!!!

"E que só tem amor
No seu emocionado peito
Para receber a vida."

A poesia é realmente um acto de amor, de dádiva, uma forma de vida! E tu és poesia, minha querida!

Mil beijos! Adoro-te!

Saramar disse...

Que maravilha!
A delicadeza do poema é tocante.
Lindíssimo!

beijos

mnemosyne disse...

Na boca das palavras a boca da alma...e os dedos tecem os fios do pensamento
Um beijo

In Loko disse...

Respiras muita sensibilidade e poesia Ângelita, isto está muito intenso e cheio de emoções. Gostei bastante do que li! Beijinhos

Rosangela disse...

Oie...achei teu link no blog da Clarinha e resolvi fazer uma visitinha...Amei tudo por aqui, lindissimo poema...
E como eu costumo dizer somente corações sensiveis encontram outros de igual sensibilidade...
beijinhos e tenha um lindo dia...

A.S. disse...

A delicadeza das palavras, a subtileza das imagens e a belissima expressão poética, fazem deste poema um puro encantamento!


Um terno BeijO!

Plum disse...

De uma sensibilidade que emociona!Brilhante!
Abraços!*

Daniele disse...

Querida amiga Angela,

Só uma nobre poetisa como tu, para discorrer ludicamente sobre a poesia.

Magistral como sempre,

Beijos na sua alma,

Betty Branco Martins disse...

Querida Angela

Belo___comovente_________terno e delicado

Beijinhos com muito carinho

Branca disse...

Olá! Passei para te desejar um bom fim-de-semana...
Beijinhos :)

José Alberto Mostardinha disse...

Olá Angela:

Muito bonito, aliás como nos tens habituado.
Bom fim de semana.

Um beijo,

Unicus disse...

Então "ela" é feliz..
Beijos, Ângela

mixtu disse...

para receber a vida...

poesia, é como a vida, bonita...

e como diz a amiga comum, betty: terno e delicado

abraço,

Defensor disse...

Salve!
Mais um de seus belos poemas. Lindo!
Abraços, bom final de samana!

Anónimo disse...

'Ela deitou-se ao luar'
..............
Momentos de sonho, onde a imaginação fértil certamente percorreu meio mundo. E de certeza que viajou até às estrêlas, voltando depois até ao cantinho terreno, onde certamente se encontra a pessoa de quem gosta. Resta saber se a pessoa retribui, talvez aí a lua tenha influência, uma vez que ela vê todos os nossos passos. E se ela fosse 'regateira', podia nos contar muitos 'segredos'.
Fica bem.
Um beijinho para ti.
Manuel
http://de-proposito.blogspot.com/

Márcia(clarinha) disse...

Você em suas palavras exala delicadeza...
lindos dias minha flor
beijossssssssss

luna e neptuno disse...

como sempre a tua poesia tem alma.

jinhos

XRéis disse...

Muito bonito.
Eu adoro poesia voltarei sempre que der..Bjs.

o alquimista disse...

Os teus pés são navegantes na espuma, o teu cabelo dança em descuidada ironia, suave viagem de ondulante onda em tua boca, duas sílabas sopradas em mágica melodia…

Bom fim de semana

Doce beijo

Nélia disse...

Caro(a)s Bloggers,


A NEGRA TINTA EDITORIAL tem o grato prazer de lançar a obra “CÂMARA ESCURA (revelação), do poeta Joaquim Amândio Santos, com prefácio de António Lobo Xavier.

Sendo esta obra mais um trabalho nascido de um escritor cuja carreira foi lançada na blogosfera, a exemplo das edições previstas e possíveis no futuro próximo desta editora, será importante contarmos com a honra da presença de bloggers nas diversas acções de lançamento da obra.

Nesse sentido, solicitávamos indicação de morada ou preferência por receber o convite por mail para negratinta@gmail.com, bem como qual dos eventos escolhem para nos honrar com a sua presença.

Lançamento e Apresentações:

31 de Maio Funchal
8 de Junho Penafiel
14 de Junho FNAC Norteshopping, Porto
28 de Junho FNAC Chiado, Lisboa
5 de Julho FNAC Coimbra


Aproveitámos ainda para solicitar que qualquer manuscrito que entendam colocar à consideração desta editora para possível publicação, seja enviado por este mail, ao meu cuidado, estando previsto editarmos até 4 obras, nascidas na blogosfera, até Março de 2008.

Saudações Literárias,

Nélia Maria Pereira
Edições e Comunicação
NEGRA TINTA EDITORIAL

mitro disse...

Mas olha... recebeu!
(Eu estou vazio, até o que tinha, foi com ela...)

Arauto da Ria disse...

Angela,
tu devias ser castigada por nos privares tanto tempo dos teus lindos poemas.
Quem gosta de ti não merece tanta ausência.
Com tudo isto até me esqueço de te dizer que o poema está llliinnddoo!
Um beijo e boa semana.

Vera Carvalho disse...

E do seu ventre nasceste tu poetisa que carrega a flor em sua alma e o amor no coração!
Obrigada por mais uma bela leitura!
Um abraço e uma boa semana Angela.

Vanda Paz disse...

Que sensualidade Angela, está maravilhoso este teu poema...
Aceito com agrado o teu desafio, em breve darei notícias...

Beijinho

Vanda Paz