terça-feira, novembro 07, 2006

As palavras


Já conheço o teu olhar,
Profundo como o mar.
Já conheço o teu abraço
Em que me enlaço.
Já conheço o teu beijo
Doce, quente, sobejo.
Nas palavras te conheci.
Nas palavras te senti.
Ando nesse teu mundo a viajar
Até teu rosto e corpo encontrar,
Sem máscaras, sem mentiras, devagar,
No silêncio perfeito que não pára de falar.
Duas almas sensíveis vão se cruzar
Deixando o amor puro as acarinhar.

17 comentários:

Tino disse...

É inevitável que os sonhos se realizem. Beijinhos grandes*** :)

Mikas disse...

Boa semana

DelfimJPeixoto disse...

Há olhares e olhares,
há sentires e sentires
há amares e amares,
há vires não ires...

Há silêncios gritantes,
há palavras bastantes
há estrelas cintilantes,
há amores sufocantes

nas palavras cantantes
nas palavras dominantes...

bjs ternos ... na testa

cleopatra disse...

Mais um lindo poema!
Este fala do conhecimento mútuo das almas. Do que se vai passar no momento em que se irão encontrar...

Sim Angela! É mesmo o elemento feminino a sobrepôr-se ao elemento masculino;)(a coragem que vence o medo). Mas está lá alguém que fez uma associação diferente...

Um beijinho soprado

Vera disse...

Que romântico!!!
Revelando um perfeito conhecimento do ser amado e dedicando-lhe amor, amor, amor!
Está lindo! Encantador! Terno!
Um beijo enorme!

pensamentos_vagabundos disse...

o amor puro....
beijo vagabundo

nene disse...

Lancei-te um desafio... passa pelo meu blog

Beijinhos

Márcia(clarinha) disse...

Melhor momento quando se faz silêncio sabendo tudo que ele quer dizer...
feliz dia flor
beijossssssssssss

Anónimo disse...

muito bonito este teu cantinho, onde nunca tinha entrado. Tens belos poemas aqui, tal como na praça onde nos encontramos.
Mil beijos
Jorge

Valeria disse...

Sentir o amor e deixar as palavras ao silencio ! Divido seu poema , repleto de sensibilidade ... Lindo !
grande beijo no coração

Plum disse...

Quando se ama as almas comunicam silenciosamente, por magia!!!abraços!*

dreams disse...

por vezes deixamo-nos encantar pelas palavras e segundo dizem quem se apaixona pelas palavras, apaixona-se pela alma...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

Defensor, O Maldito disse...

Saudações Angela
Passei e li mais uma de suas pérolas...
Abraços

Luna disse...

O amor que desperta na calma, acaba por se revelar na maturidade
beijokas

nene disse...

Dizem que somos metade de uma laranja, e que a outra parte passa por nós apenas uma vez na vida!
Um beijinho

Arauto da Ria disse...

Angela,eu queria explodir,soltar o que me vai na alma,mas não posso nem devo, cada poema que vem é melhor que o antecedente, tenho razão numa coisa,esse poço de talento é inesgotável.
Parabens.
Desculpa, mas há dias..! Ele trai-nos.
Um beijo.

farinho disse...

A união partilhada entre duas almas, em sintonia, é maravilhosa essa sensação.

como sempre belo poema, toca-nos no coração.

Beijocas.