quarta-feira, novembro 22, 2006

Voar


Meu amor, vamos os nossos corações entrelaçar
Para na noite estrelada podermos voar.
Juntos, alcançaremos o brilho lunar
E não teremos medo de sonhar.
Vamos o espaço infinito arrebatar
Com a intensidade do nosso amar.
Os fios de ouro dos cometas não se podem comparar
Ao resplandecer da paixão que vamos transportar.

12 comentários:

BlueShell disse...

Gostei de reler.

Um Beijo ternurento
BShell

Vera disse...

Lindo e intenso!
Quando dois seres se amam as almas voam juntas, como uma só, tudo está ao seu alcance, tudo é possível! Até voar!
Beijinhos minha querida e doce amiga!

Madalena disse...

Doce, melodioso, maravilhoso.
Nada mais a acrescentar :)))
Bjokas
Madalena

Anónimo disse...

querida poetisa, espero que tenhas a quem dar esse tanto amor que transpareces nas tuas palavras... são belas!!! Como o teu coração...bjs
Fica bem!!!

Plum disse...

Voar até à lua!uma bela imagem!abraços!*

mrobertson@sapo.pt disse...

Ana AMEI seu espaço, aqui respira-se AMOR! Amei os versos de Camões! "Viver no AMOR é A COISA MELHOR DESTE MUNDO".

Marco António disse...

Sim amar entrelaçando
Cada alma em nossos corpos
Frenéticos de implosões
De olhares ardentes
De paixão infinita
Sim amar agarrando
Cada cometa em cada amar
Para sonhar quão bela
E infinita a vida
Brilha em cada esquina
De cada olhar de amar

Um abraço,
Marco António

nene disse...

E que cada estrela cadente vos conceda o desejo de amar assim para sempre!
Um beijinho:)

João Filipe Ferreira disse...

está lindo... fazes o nosso espirito voar em cada poesia que escreves:)
adorei mm:) cm sempre:)
beijinhoooooooooooo

Arauto da Ria disse...

Olá Angela!
"Verbo amar" rima com "voar", estão lindos estes poemas, cada vez tenho mais dificuldade em comentar, pois já não tenho adjèctivos.
Mas que raio..! São todos tão bonitos...
Um beijo

Márcia(clarinha) disse...

Que os amantes pudessem atados aos fios de ouro bailar no espaço sideral...
linda noite,flor
beijossssssss

Tino disse...

O amor é um tema que nunca se esgota...uma das perguntas que me chocalha o espirito! Porque será que existem tantas palavras sobre algo tão simples? E porque será que por mais palavras que haja nunca parecem chegar?
Um beijo intrigado de boa noite! :)