sexta-feira, novembro 24, 2006

Novo amanhecer


Sonho um novo amanhecer
De alva paz para toda a humanidade.
Soldados de amor vão estabelecer
A lei do respeito e da fraternidade.

Muros de vegetação
Vão ser as nossas fronteiras
Coloridas pelas flores da coligação
Das crenças nas relações verdadeiras.

As palavras rimarão com tolerância.
Os verbos conjugar-se-ão com respeito
E finalmente daremos importância
Ao sopro da vida aninhado no nosso peito.

17 comentários:

pensamentos_vagabundos disse...

ola,começo a não ter palavras para te descrever,por isso te deixo um sorriso:)
beijo vagabundo

Vera disse...

MInha querida amiga, que sonho maravilhoso tens! Um sonho que eu e muitos seres compartilham, mas devido ao egoísmo e intolerância de tantos não é permitido realizar...
Mas há que ter fé e esperança que um dia tudo seja como sonhamos! Enquanto esse dia não chega cabe-nos a nós lançar palavras de paz para o Universo! E tu fizeste-o de uma forma brilhante com este lindo poema!
Beijo enorme!

Anónimo disse...

Nem mais...

Claudia Perotti disse...

Um sonho lindo e está entre meus sonhos também!
Bom final de semana!

Beijinhosssssss

A MUDANCA disse...

Lindo,um hino de apelo á Paz maravilhoso.

Beijo FF

Cecilia Cunha disse...

Lindissimo este teu sonho...
Obrigada pela tua visita e comentário no meu blog
Fica bem
Beijo e bom fim de semana

nene disse...

Muito bonito!
Se todos tivessemos essa capacidade de sonhar com um mundo melhor, as coisas seriam bem diferentes!
Um beijinho:)

mnemosyne disse...

...posto que as guerras nascem na mente dos homens, é na mente deles que devem erigir-se os baluartes da paz . Um beijo e votos de um bom fim de semana :)

Plum disse...

Estas palavras podem ser um hino à paz!fantástico!bom fim de semana!*

corpo y alma disse...

oi miga kero agradeçer a visita e o comentario no meu blog deixo um bjo e desejo um bom fim de semana
...corpo y alma...

cleopatra disse...

O amor é eterno sim!
Assim... como um sopro de vida... aninhado no meu e no teu peito!

Sempre tão belo o que escreves Angela.

Beijo soprado

Anónimo disse...

Adeus a eesas guerras, adeus....a Paz, só existe quando se adormece!

Luna disse...

Só com soldados de amor a guerra pode acabar, pois guerra gera guerra. que bom se entendessem isso
beijinhos

Marco António disse...

Sonhar com a autenticidade da vida
Que nos leva ao respirar puro do sonho de uma paz que ouvimos sussurando dentro de cada um de nós.

Um abraço,
Marco António

João Filipe Ferreira disse...

que lindo amanhecer:)
fantastico e como era bom que fosse assim sempre:)
adorei...
beijinhoooo

Tino disse...

Com a ajuda de palavras assim até é possivel que venha a ser como escreves...

Um beijinho muito grande***

Ricardo Rayol disse...

Angela, sonhar nao custa nada mas só teremos paz quando a ética prevalecer e a impunidade for artigo de museu. No resto otimo escrito.