quarta-feira, novembro 15, 2006

Verdadeiro amor


Amo-te como és, meu amor!
Do jeito que falas, que andas,
Do jeito que choras, que ris,
É assim que te quero meu amor!
Lago, rio ou mar,
Planície, monte ou montanha,
Sempre irei gostar de ti meu amor!
Na luz ou na escuridão,
Sejas vinho ou sejas pão,
Sem ti não sei viver meu amor!
Pedra ou bola de algodão,
Fósforo ou incêndio,
É de ti que preciso meu amor!
E, se um dia, alguém do nosso amor duvidar,
Mostrar-lhes-emos as folhas verdes da nossa árvore
Que alimentamos diariamente com amor.
E, se eles continuarem a olhar para o chão,
Verão a semente a crescer para um dia ser
Outra árvore nascida do verdadeiro amor!

14 comentários:

corpo y alma disse...

oi miga venho agradeçer a tua visita e o carinho deixo um bjo e o desejo de um bom dia
...corpo y alma...

A MUDANCA disse...

A isto eu chamo amor incondicional...
Continua a amar sempre com essa entrega e dedicação.

Beijo

FF

Vera disse...

Assim é o verdadeiro amor! Em que há entrega absoluta e em que se ama no bem e no mal, de todas as formas.
Adorei poetisa maravilhosa!!!
Beijo enorme!

Klatuu o embuçado disse...

Lirismo sonso.

Plum disse...

É o puro amor!abraços!*

Ricardo Rayol disse...

amor lindo incontido.

Luna disse...

O verdadeiro amor aceita, o outo ser como é
beijos

João Filipe Ferreira disse...

como o sentimento AMOR está bem descrito! bem representado e bem sentido:)
beijinho enorme (está mt lindo)

Bruxinhachellot disse...

Que as sementes cresçam e virem árvores e seus galhos abraçem o amor que tanto procuras.

Beijos tranquilos.

nene disse...

Amar é aceitar o outro como ele é!
Mais um lindo poema!
Um beijinho:)

Márcia(clarinha) disse...

Bela arte de amar.

bela noite flor
beijosssssssss

João Áquila Lima dos Santos disse...

eita! o dono desse amor tem que agradecer a Deus de Joelhos!

Friedrich disse...

Distraído sim, mas tolo não... A distracção nunca passa nos meus olhos, quando são confrontados pela beleza do belo escondido... Não é uma condição distraída que me deixará indiferente de saborear tudo o que vejo, nunca sou distraído a amar, no beijar e no dizer tudo quando quero dizer simplesmente "amo-te", pode ser uma parábola todas as nossas intenções, mas a sensação jamais é indiferente!

Deixo aqui, um beijo meu!

Tino disse...

É impossivel comentar a verdade porque ela vale por si só. Um beijo afirmativo para ti :)