segunda-feira, novembro 13, 2006

Intensidade


A tempestade do teu discurso
Devastou o meu coração.
A tua alma, do meu rio seguiu o curso
E desaguou na minha alma com emoção.
As tuas lágrimas, meus olhos lavaram.
As tuas alegrias, minhas se tornaram.

Foi com essa intensidade
Que me revelaste o teu sentimento.
Fizeste-me ouvir a melodia da tua honestidade
E eu encontrei-me nesse momento.
A chuva serena não apagou as chamas.
Deste-me ondas que gritam que me amas.

Por ti renasci. A ti quero amar.
Afastarei as sombras do teu caminho.
Reflexos dourados de aurora quero te dar.
Em ti está o abrigo que acarinho.
A minha praia deseja a tua maresia.
A tua boca é aquela que me extasia.

Por vezes pareço um anjo de asas caídas
Mas na minha alvura escondo raios.
Nossas penas, juntos, serão vencidas.
Somente do amor somos lacaios.
Vem até mim, inunda-me com a tua luz!
O brilho dos teus olhos é o único que me seduz.

18 comentários:

Vera disse...

Sendo o nome do teu poema "Intensidade", este realmente é o nome mais apropriado! Está verdadeiramente intenso! Uma declaração de amor verdadeira, em que se mostra que o amor é para o bem e para o mal, em que se está junto do ser amado em todos os momentos...
Lindíssimo, emotivo!
Beijinhos!

Ricardo Rayol disse...

isso que eu chamo de intensidade... nada mais nada menos...

Sindarin disse...

Olá Ângela! Obrigado pela tua visitinha. Olha a minha música chama-se Somewhere e quem canta são os Within Tempation. Deixo-te um beijinho, boa semana.

PAULO SANTOS disse...

verdadeiramente Intenso!
Sem o trocadilho!

Um beijo

Paulo

Luna disse...

Como é linda essa descoberta que vai despertando emoções
beijocas

Lee disse...

Considero esta casa tão terna e intocável que quase nunca me atrevo a comentar a beleza do que aqui encontro. Hoje, venho deixar um link com o significado possível e a fútil tentativa de provar que nada é impossível se o sonharmos...
Teoria do impossível

pensamentos_vagabundos disse...

até mesmo um anjo de asas caidas é belo nas tuas palavras...
beijo vagabundo

nene disse...

Palavras ternas e doces,sentimentos muito bonitos!
Adorei!
Beijinhos:)

Defensor, O Maldito disse...

Simplesmente perfeito! Sem dúvida nenhuma, de todos (que sempre são ótimos!) este é o meu preferido. Já deixei ho meu HD...
Abraços!

mnemosyne disse...

Doce Ângela, solenes as palavras que te desnudam tão suavemente abrindo em leque a alma que se entrega...é transparente e cândido o teu sentir :) Um beijo na alma

Márcia(clarinha) disse...

Renascimento!
Maravilhoso poema!
linda noite flor
beijosssssssssss

Arauto da Ria disse...

Angela,
No teu cantinho tudo é intenso e profundo, só tu consegues fazer transbordar o que te vai na alma, com tanta beleza e sentimento.
Como sabes adoro tudo o que tens escrito e tenho esperança de mais e melhor. Talento e capacidade não te faltam.
Um beijo

Plum disse...

Adorei o poema mas hoje voto na escolha de Camilo Castelo Branco!beijinhos!*

farinho disse...

Hummm...amar é tão bom.
É intenso como a intensidade da tua escrita.(Falo do poema.)

Beijocas.

João Filipe Ferreira disse...

de facto a tua poesia faz juz ao nome...cada palavra é colocada com uma intensidade unica.gostei de novo de te ler...está mesmo perfeita esta poesia...parece que algum dia tinha que ser escrita.
beijinho:)

In Loko disse...

Hummm adorei ler esta declaração de amor, aberta e intensa, fresca e calma... que inveja tou sentindo do tal :)... O amor e a paixão são coisinhas lindas não são Ângela?! Beijinho

cleopatra disse...

Enquanto houver amor e paixão nos teus olhos... no teu coração...
Haverá palavras lindas e doces saídas de teus lábios... com emoção!

Beijo soprado

Tino disse...

:) Este esboço está especialmente parecido com um desenho que não precisa de retoques! Um beijinho desenhado para ti, esboço! ***** :)