domingo, outubro 22, 2006

Quando a noite cai


Quando a noite cai,
Lânguida de melancolia,
Revivo a doce fantasia
Daquele amor que já lá vai.

Envolvida na tua magia,
Sussurro-te segredos insuspeitos,
Conto-te meus sonhos desfeitos
Ao som da lunar melodia.

Amante e doce confidente,
Testemunhas a minha solidão
Vazia do calor da paixão,
Saudosa do amor ardente.

És a minha companhia fiel,
Cúmplice dos gemidos mudos,
Dos meus discursos absurdos
Contra o mundo que me é cruel.

6 comentários:

Delfim Peixoto disse...

E quando o dia chegar, com o sol a sorrir,
chega essa alegria de te ver a acordar
e à tarde quero ir, com esse calor,
em ti encontrar esse amor

E ao entardecer que venha o teu sorriso aberto,
e que em ti fique tudo o que em mim
é certo.

E quando a noite chegar
leve essa solidão
quando eu chegar
lá dentro, bem fundo, ao teu coração


Bjs no teu coração, menos devagar ( na testa com admiração)

pensamentos_vagabundos disse...

quando a noite cai:)
beijo vagabundo

Daniela disse...

Angela, vim aqui poisar depois de voar no sabor a MAr! Leio-o há um ano, talvez, e acho qeu há aqui uma empatia de palavras, podendo estar errada!
Como sou muito sincera, denoto em si uma alma pura, eclética, sensivel e muito ciente esteticamente, prova essa neste poema e nos anteriores que li!
Não deixe que esse mundo tenha a crueldade de destruir os seus sonhos! A mim conseguiram fazê-lo uma vez... porque desisti!
E como as mulheres até se entendem,
deixe o rio correr,devagar até chegar ao mar!
um bj de ternura
Daniela

NO_PANICO disse...

Otimo poema, muito bom seu blog parabens, voltarei sempre aqui!!!

Saramar disse...

Angela, a noite é sempr ea companheira dos solitários, dos que amam sem esperança, mas o dia ainda há de raiar com suas promessas e o destino.

Lindo poema, lindíssimo!
Beijos e boa semana para você.

João Filipe Ferreira disse...

que noite linda...
como escreves.te lindo..palavras certinhas, mensagem bem passada, emoções sentidas por quem lê...
sei que tem um concurso no site luso-poemas..e vais ganhar com esta obra prima linda linda coo só tu sabes escrever...
fico feliz por um dia te ter descoberto:)