segunda-feira, outubro 30, 2006

A vida não é poesia


Quero esquecer a poesia.
A vida não é poesia.
A realidade é nua e crua
E o brilho da lua
Nem sempre inspira os apaixonados
Nem torna os desencantos prateados.

Quero esquecer a poesia.
A vida não é poesia.
A guerra não é um eufemismo.
A natureza não é um animismo.
A morte não se torna menos dura
Na melodia das rimas que perdura.

Quero esquecer a poesia.
A vida não é poesia.
As feridas não são rosas encarnadas.
As lembranças não são borboletas encantadas.
A chama iluminada do amor
Não queima o sentimento de dor.

Quero esquecer a poesia.
A vida não é poesia.
As lágrimas não são gotas de cristal.
A amizade nem sempre é um madrigal.
O nosso limite não é o céu.
A saudade não é um véu.

Quero esquecer a poesia.
A vida não é poesia.
Quero sentir friamente.
Quero pensar racionalmente.
Quero deixar de sonhar.
Quero apenas gritar.

18 comentários:

cleo disse...

A vida não é só poesia
Os sonhos nem sempre se realizam
E o amor pode até ser uma fantasia
Mas...
É na poesia que os sentimentos se eternizam!

Mais um poema belíssimo que aqui nos deixas!

Um beijo soprado

pensamentos_vagabundos disse...

queres mesmo?
beijo vagabundo

Delfim Peixoto disse...

A realidade é nua e crua..
A vida não é poesia..
Quero esquecer a poesia...
as lágrimas não são gotas de cristal...
quero sentir friamente...
quero pensar racionalmente...
quero deixar de sonhar...
Quero apenas gritar...

POr isto tudo, como a vida não é poesia, por tudo isto, ter de haver poetas, para pensarem, sentindo;
para sonharem;

; para gritarem, sim,mesmoem silêncio...
E não acredito em nada do que sentes, em relação à poesia!
Tu és POesia!

bjs ternos, no neurónio, doces, no coraç~~ao de poetisa!

E... não esqueças a poesia!Ela não te esquece

A MUDANCA disse...

A poesia quando nos está na alma não se pode esquecer... a escrita pa mim é a forma de falar sem ser interrompida, e tenho a certeza q tu não queres ser interrompida.

Beijo poetico

FF

Vera disse...

A vida não é poesia! Porque há ódio no coração das pessoas... Porque há guerras no mundo... Porque há crianças a passar fome... Porque, porque, porque...
Mas que seria da vida sem algo belo e puro para termos fé e esperança num amanhã melhor para os nossos filhos?
A vida de facto não é poesia! Mas tu, com a tua poesia maravilhosa, podes encher os nossos corações de alegria e fazer-nos acreditar que haverá um amanhã melhor, porque ainda há poesia no teu coração! Nunca nos tires os teus deliciosos e magníficos poemas!
Um beijo enorme de quem tanto adora a tua poesia e a poetisa maravilhosa que a escreve!
Este teu poema é de facto dos mais maravilhosos que alguma vez li!

Blogildo disse...

Como esquecer da poesia (e também da vida), com tal poetisa?

Carlos Henriques disse...

Não sei se ja te disse isto:
Há pessoas que nascem.
Outras, acontecem.
Algumas, fazem diferença.
Contudo, há as que tendo nascido,
acontecido e feito diferença,
realizam algo mais, tu és uma delas.
Óptima semana.
**beijos**

(comovo-me neste cantinho maravilhoso... mas eu gosto)
*outro beijo*

DE PROPOSITO disse...

.'Quero esquecer' O facto de quereres esquecer não significa que isso aconteça. E é evidente que é muito bom que não esqueças as coisas. Se isso acontecer estamos mal, muito mal.
Fica bem beijinhos.
Manuel

melinha disse...

a poesia e uma ilusao e mtas vzs na vida nos deixamos levar pela ilusao k por vzs acaba em desiluçao...mas a poesia e algo tao belo tao sentido tao maravilhoso k n nos keremos afastar dela...e é sempre bom sonhar ;o)
bjinhos grandes

Louco de Lisboa disse...

A vida é poesia...
Não é por o que nos rodeia tentar transformar-nos em seres frios, indiferentes, com ausencia de sentimentos que vamos deixar de ser quem somos, NUNCA!
A vida é poesia...

Kiss par tê, até outro instante...

João disse...

Oi
Adorei o teu blog
Tá maravilhoso.Quer as fotos quer os lindos textos que postas.Parabéns
Já agr será que posso tirar alguma foto que tens aqui no teu blog pro meu???
Beijinhos
Passa no meu e deixa a tua marquita

Ricardo Rayol disse...

Oi Angela

Adorei seu post e sua visita. Tomei a liberdade de responder a sua peosia com outra.

"Inspiro-te na noite
Lua cheia
Lua prateada
Tento esquecer a poesia

Rimas que se perdem
Belezas que não perduram
Caos que não arrefece
Tento esquecer a poesia

Sentimentos
Não se estabelecem
Não se curam
Tento esquecer a poesia

Vida que não caminha
Saudades que não se desfazem
Amigos que se recolhem
Tento esquecer a poesia

Sonho material
Grito engasgado
Pensamento que me confunde
Não quero esquecer a poesia"

Claudia Perotti disse...

Até no grito existe poesia!
Beijinhossssssss

Luna disse...

A vida pode não ter poesia nas verdades doridas, nas verdades sentidas,Nas vidas que se perdem por não se encontrarem.
Mas pode existir muita poesia, quando acreditamos que somos capazes de lutar por um idial,que somos capazes de recomeçar, quando acreditamos que o horizonte não fica tão longe, quando acreditamos, quando sonhamos, a poesia acontece, e as estrelas passam a brilhar, e a poesia brota no ar.
E tu minha querida,és a verdadeira poesia.

Beijinhos

Plum disse...

Podes gritar!grita porque às vezes liberta-nos a alma!mas não queres deixar a poesia!ela faz parte da tua essência!e nós adoramos ler-te!abraços mágicos`*

A Cor do Mar disse...

Mais um lino poema Cleo, Parabens ;)
Beijinho*

farinho disse...

Então... o que se passa...

não nos pode dizer uma coisa assim, eu visito o seu blog quase todos os dias só para sentir a magia das suas palavras.

A vida poderá não ser poesia, mas é a poesia que nos ajuda a soportar os encontros e desencontros da vida.

A poesia ajudanos a sonhar, a divagar...

Beijocas

Arauto da Ria disse...

Angela, tu jamais poderás esquecer a poesia, pois ela faz parte de ti.
Continua a deliciar-nos com ela, esquece os dias menos bons e faz poemas e verás que com eles serás mais feliz e ajudas os outros aser.
Um beijo